O Brasil, depois da China

Calma brasileiros, nosso país é jovem e por isso podemos ser o país do futuro depois que a China, a Índia e outros alcançarem essa condição. Esse deve ser o pensamento dos principais tomadores de decisão, os nossos “ilustres” políticos.

Mas enquanto isso, eles estão garantindo o deles. E para ter certeza disso, os políticos estão garantindo a própria permanência no cargo de legisladores, ou melhor, “fazedores de leis”. Acredito haver uma enorme diferença entre essas duas classificações. Através de práticas desleais eticamente falando, como voto secreto e renúncia, eles se permitem a permanência ou breve retorno, sempre confiando no esquecimento e preguiça do povo.
Assim, enquanto não mudarmos nossa atitude, não darmos atenção, não nos organizarmos para no mínimo saber em quem votamos na última eleição, principalmente para o congresso nacional, seremos o país do futuro. Não penso que seja fácil protestar. Todos temos nossos compromissos, mas depois de cumpri-los, preferimos um chopinho, um futebolzinho, um cineminha…

Nilton C. Motta
Gerente Comercial da Divisão industrial

PUBLICADO NO JORNAL INTERNO – PANORAMA – POLAND QUÍMICA – SETEMBRO 2006

About Author:
Nilton Cesar Motta iniciou sua vida de trabalho aos 17 anos de idade já tratando com clientes em um escritório de preparação de documentos para automóveis. Mesmo sem saber à época, era o inicio do seu treinamento na relação cliente-fornecedor. Antes de iniciar seu curso acadêmico na Universidade Federal de Santa Maria no Rio Grande do Sul, passou trabalhando como secretário na recém instalada Faculdade de Ciências e Letras em Santa Rosa, interior do Rio Grande do Sul. Formado na Faculdade de Química Industrial em 1976 e já tendo estagiado na empresa multinacional Henkel S.A Indústrias Químicas, iniciou sua carreira profissional nesta mesma empresa em 1977. A Henkel se constituiu na prática em uma nova escola, pois durante 26 anos na mesma, o autor de fato exerceu atividades desde o surgimento até o uso final de produtos químicos para variadas aplicações, o que exigia contatos diários com clientes e fornecedores internos e externos, bem como experiências administrativas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *