MILITARES – UMA NOVA OPORTUNIDADE

MILITARES – UMA NOVA OPORTUNIDADE

Desde os movimentos em 2013/2014 que levaram milhões de Brasileiros às ruas e que tiveram reforço e continuidade com o advento da Lava Jato, que se escutam pedidos de intervenção militar no País.
Desde então, esporadicamente se tinha notícia de militares fazendo declarações nesse sentido. Parecia que estavam fazendo um prognóstico para um futuro próximo.
Muita gente indignada com o rumo dos acontecimentos se manifestava a favor de uma intervenção, entenda-se, nos moldes de 1964.
Outros tantos diziam que essa ocorrência seria um desastre.
Há sempre os que são favoráveis e os Contrários, fruto da liberdade de expressão, apregoada como uma conquista da Democracia pós 1985
E os militares como instituição….?
Por óbvio que seja, não falavam nada. Os poucos que ousavam, falavam por si próprios e o máximo que conseguiam era deixar parte da população com a pulga atrás da orelha ou esperançosos! O período 1964 – 1985 não trouxe todo o sucesso esperado por eles, apesar de progressos terem sido alcançados.
O total sucesso seria, resumidamente, não permitir a instalação de um governo presumidamente comunista e botar ordem na casa! Os militares conseguiram a primeira parte deste objetivo, a bem da verdade, sob uma chuva de acusações. Perderam a oportunidade sobre a segunda ou só tiveram êxito durante o exercício de governo, com dureza.
Por esse motivo, não querem repetir a experiência. Não aos moldes de 1964!
Eis que surge a segunda chance, pois militares da reserva, ainda são militares. Então estamos prestes a encarar a “Segunda oportunidade de ter um governo Militar”
Quero dizer coordenado pela inteligência militar
Deixando minha imaginação solta, posso até supor que a candidatura do capitão tenha sido gestada de caso pensado.
Bolsonaro e seus generais podem, e eu espero, que executem um governo com características de Ordem e Progresso
O Brasil precisa fazer valer o que estampa na sua bandeira “ORDEM E PROGRESSO”.
Acredito que se começarem pondo “Ordem” em uma série de coisas, e situações para serem ordenadas não faltam, poderemos chega a ter Progresso continuado neste País. A primeira dessas situações se refere às escolas. É necessário que professores voltem a comandar os alunos e não o contrário. Quero que meus netos cantem o Hino Nacional como antigamente. A segunda é a Segurança pública. Cidadãos de bem tem o direito de andar nas ruas sem sofrer assaltos ou serem mortos por um celular.
É a oportunidade de fazer deste País, um PAÍS!
Um País respeitado, com um povo que tem orgulho de aqui ter nascido. Há coisa de uns 30 anos atrás, em viagens de negócios, ao se dizer no exterior que éramos brasileiros, via-se um brilho nos olhos das pessoas. E hoje?